skip to Main Content
CMTC Participa De Roda De Conversa Com Comissão De Mobilidade E Transporte Da OAB

CMTC participa de roda de conversa com Comissão de Mobilidade e Transporte da OAB

O encontro virtual aconteceu na tarde de terça-feira, dia 23, e reuniu especialistas nos temas Transporte e Mobilidade Urbana, advogados e gestores públicos das pastas transporte, trânsito e mobilidade. Durante 1 hora e 30 minutos os convidados falaram sobre ações e medidas para as cidades e uma melhor experiência no uso das calçadas, bicicletas, ônibus e do carro.

O presidente da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos, Murilo Ulhôa agradeceu o convite para ser parte do encontro e lembrou que o período de pandemia tem afetado toda a cidade e seus movimentos. Fez um resumo sobre o que a nova gestão tem buscado realizar com apoio do projeto de governo da Prefeitura de Goiânia para o tema Transporte, e reforçou que o serviço público de transporte precisa ser visto como essencial.  “Estamos na fase de estudos para oferecer uma remodelagem do sistema de transporte público de Goiânia e região metropolitana, queremos trazer soluções para um serviço que é dinâmico e que em todo o Brasil está em avaliação”, frisou.

O secretário de Mobilidade de Goiânia, Pedro Chaves citou obras da cidade que vão ajudar na melhoria de tempo em deslocamentos no trânsito como o BRT- Norte/Sul, Avenida leste-Oeste entre outras que cortam Goiânia com o objetivo de oferecer ganhos e reduzir engarrafamentos.

A professora Poliana Leite do curso de Engenharia de Transportes da Universidade Federal de Goiás concordou com a ausência de políticas públicas para o setor e recomendou que se programassem melhorias ao serviço, como a implantação de corredores preferenciais e que eles tenham ligação entre eles para que a proposta de melhor deslocamento tenha êxito.

O jornalista e perito em Trânsito, Antenor Pinheiro trouxe reflexões para o aporte público e receitas extra a tarifa para que o sistema de transporte coletivo possa ter avanços em qualidade. Fez uma análise envolvendo a participação do público e do privado com a conscientização por parte da sociedade de que o transporte coletivo precisa de atenção e subsídio, lembrando que sem ações voltadas à mobilidade e sustentabilidade do transporte coletivo não há solução.

Ao final da reunião ficou acertado que novos encontros serão promovidos pela Comissão de Mobilidade e Transporte da OAB para que contribuições possam ser dadas ao trânsito, transporte e a mobilidade urbana.

Presente à reunião os advogados Vladmir Vieira, Estênio Primo, Patrícia Lemes, Alessandro Moura, o secretário de Mobilidade de Goiânia, Pedro Chaves e Murilo Ulhôa, presidente da CMTC.

Bianca Benetti

Jornalista

Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top